Walter paga pra deixar o Papão e se diz envergonhado pelas 4 derrotas para o Remo

Foto: Fernando Torres – Ascom Paysandu

A passagem do atacante Walter pelo Paysandu foi curta demais. O jogador que chegou na Curuzu com status de ser ídolo do Papão, saiu pelas portas dos fundos e revoltou torcedores nas redes sociais. Com três gols com a camisa bicolor, Walter disse em entrevista ao GloboEsporte/PA, que está envergonhado pelas quatro derrotas do Paysandu diante do Remo e que isso foi um dos motivos de sua saída do Paysandu pera o CSA (AL).

O fato de seu pai estar desaparecido há quase três meses pesou na sua saída do Paysandu. Seus familiares moram na cidade de Recife (PE) e a proximidade de Maceió (AL) para a Recife (PE), fez com que Walter analisasse a proposta de maneira mais carinhosa. Além do fato de ter perdido o título do Campeonato Paraense para o Remo, onde o Paysandu acabou sendo derrotado por 4 vezes para o time azulino. Segundo o atacante, o RExPA é um campeonato à parte e ele foi cobrado por não vencer o Paysandu por muitas pessoas.

“O que pesou um pouco foi o desaparecimento do meu pai, que está há quase três meses sumido, até agora não se tem notícia, e Maceió fica mais próximo de Recife; e também a minha família, que não se acostumou muito com Belém. Isso pesou mais. Por isso eu chamei a diretoria e falei que ia jogar as finais e não ia continuar mais no Paysandu.(…) E pesou também, porque eu tenho muita vergonha na cara, as três derrotas que eu tive contra o Remo. Três jogos e eu saí sem fazer gol contra o Remo. Isso me doeu muito, me machucou muito, até hoje doem essas três derrotas”, disse Walter.

Atacante e com faro de gol, Walter vai jogar a Série B pelo CSA (AL) e vai ser adversário do Paysandu em duas oportunidades neste ano.

Comentários
%d blogueiros gostam disto: