Rayanne Amanda busca novos horizontes

Aos 22 anos de idade apenas, com um currículo invejável para qualquer atleta e filha de lutadores respeitados, não poderia ser diferente para Rayanne Amanda Carmo dos Santos ou simplesmente Rayanne Amanda. Reconhecida nos tatames nacionais e internacionais pelo seu talento, esforço e porque não pela sua beleza; em um ótimo momento de sua carreira, Amanda iniciou nas artes marciais aos 10 anos e de lá pra cá seu crescimento nos tatames tem sido inevitável, certamente pela referência que encontra em casa. Seu pai, Marcelo Assunção é faixa-preta e a mãe faixa marrom de Jiu – jitsu, com certeza não lhe falta inspiração e os títulos conquistados nesta trajetória dizem isso. A bagagem da atleta Paraense que hoje treina na equipe Marajó Brothers, dos irmãos Iuri e Ildemar Alcântara – nomes conhecidos no UFC – somam diversos títulos pelo mundo afora, entre Brasileiros pela CBJJ, Open na Argentina, Sul-americano, Pan-americano e Mundial pela CBJJE, duas vezes campeã Brasileira pela IBJJF e dentre as inúmeras medalhas somadas entre prata e bronze das federações brasileiras e internacionais, tanto na categoria quanto no absoluto, Rayanne somou o terceiro lugar na categoria e o 2° lugar no absoluto em NY, Campeã na categoria e 2° lugar no absoluto em Boston, primeiro e terceiro lugar no absoluto em Dallas; e segundo lugar no Mundial da Califórnia pela entidade maior do esporte em 2017. No Ranking da Internacional Brazilian Jiu-Jítsu Federation, atualmente ela ocupa a 31ª colocação mundial.

Além dos incontáveis títulos regionais, Campeonatos Paraenses, torneios como o Conde Koma, Norte/Nordeste, Cidade de Belém e Campeonato Paraense profissional pela CBLP em Santarém (categoria e absoluto). A atleta que sempre medalhou em todas as faixas, acrescenta ainda em seu extenso histórico uma luta no MMA. Infelizmente, mesmo com um Know How tão amplo, ainda assim a atleta esbarra em dificuldades para encontrar apoio em suas preparações para eventos lá fora. Recentemente chegada dos Estados Unidos, a lutadora revela que pode retornar ao país em definitivo brevemente, pois recebeu propostas para seguir com os treinos na America do Norte e migrar para o Mixed Martial Arts em busca de maior notoriedade. Alçando voos mais altos, Rayanne prevê resultados mais expressivos para a próxima temporada, por isso a faixa-preta da Attack Jiu – Jitsu em Belém, não vê alternativa a não ser deixar o país em busca de patrocínio para seus treinos. Sempre focada e disposta a traçar novas metas, a lutadora que é referência no esporte também na família, já que seu irmão segue os mesmos passos com varias conquistas dentro da Arte Suave. Fica o exemplo para crianças, jovens e adultos, principalmente as mulheres que tem Rayanne como uma espécie de representante contra a discriminação das mulheres em um universo de sua maioria masculina. Resta agora a nossa torcida por aqui e desejar a essa verdadeira guerreira, boa sorte e muitas lutas na sua nova caminhada. #Oss!

Comentários
Flavio de Jesus

Flavio de Jesus

Faixa Preta e Professor de Jiu-Jitsu. Formador de opinião. Ex praticante de Capoeira e amante das lutas. Pai de três, dedicado ao lar e as leituras. Esporte pode ser saúde, pode ser estilo de vida e pode ser tudo isso, depende do praticante.

%d blogueiros gostam disto: