Montoya confirma que não vai disputar Indy 500 de 2018

Juan Pablo Montoya, que venceu a Indy 500 em 2000 com a Ganassi e com a Penske em 2015, é agora piloto em tempo integral da equipe Acura Team Penske no WeatherTech SportsCar Championship (IMSA).

O colombiano, que retornou à Indy após seis temporadas na Fórmula 1 e sete na NASCAR, não apenas venceu a Indy em 2015, mas também só perdeu o campeonato em um tiebreak com Scott Dixon.

Substituído na Penske pelo atual campeão Josef Newgarden, correu no GP de Indianápolis e na Indy 500 em maio passado.

Montoya disse ao Motorsport.com que falaria com Roger Penske sobre outra entrada na Indy 500 para 2018, mas a Penske reduziu para três entradas em tempo integral – Newgarden, Simon Pagenaud e Will Power – e a entrada extra para a prova do mês de maio acabou nas mãos de Helio Castroneves. A carreira em tempo integral do brasileiro na IndyCar terminou em setembro do ano passado, quando ele se juntou a Montoya no IMSA.

O dono da equipe, Roger Penske, disse anteriormente que permitiria que Montoya procurasse unidades alternativas em Indianápolis, afirmando no ano passado: “Se ele quer correr com outro time, essa seria sua decisão. Não haveria nada que disséssemos não. Seria sua decisão”.

Comentários
Raquel Luciano

Raquel Luciano

Jornalista

%d blogueiros gostam disto: