Crise financeira! Paysandu termina o ano com dívidas que chegam a R$1,5 milhão

Foto: Site do Paysandu

O prejuízo do Paysandu não foi só dentro de campo. Com o time montado visando vencer Parazão, Copa Verde e conquistar o acesso para a Série B e tendo como conquista apenas o Parazão, fora de campo o Papão acumulou dívidas.

Em nota divulgada no site oficial do clube, do mês de janeiro até dezembro de 2017, o Paysandu acumulou uma dívida de R$1,5 milhão. Logo de cara, no mês de janeiro o Paysandu acumulou um prejuízo de mais de R$260 mil. Em fevereiro o então presidente do Papão, Sérgio Serra, conseguiu estancar a sangria e passou quatro meses sem prejuízos, fechando os meses março, abril, maio e junho no azul. De julho em diante foram prejuízos em sequência, chegando em outubro com uma  despesa de R$25.239.448,79 e uma despesa de R$26.721.350,63, somando R$1.481.864,84 de prejuízo.

A tendência é que o prejuízo seja maior que o demostrado, já que no documento não estão os balancetes dos meses de novembro e dezembro, onde que dezembro, marca o recesso do futebol profissional. Esses valores abordados no documentos estão a receita do clube de bilheteria, cotas recebidas de patrocínios e participações de competições oficiais e o faturamento da tão badalada marca Lobo, que é a marca própria do clube e que produz e vende produtos do Paysandu.

Comentários
%d blogueiros gostam disto: