Conheça o novo diretor do programa sócio-torcedor do Remo

O Remo possui agora um novo diretor do Sócio-torcedor Nação Azul. Antes nas mãos de Glauber Pontes, apresentador do programa do Remo na TV, Glauber decidiu ficar apenas com o departamento de marketing do Remo.

O Sócio-torcedor do Remo será comandado agora por João Mota, de 62 anos de idade. Em entrevista ao Jornal Diário do Pará, João Mota falou um pouco da sua vida e de como vai trabalhar para arregimentar novos sócios-torcedores para o Remo. “Eu chego para somar. Meu papel é para ajudar e muito o Clube do Remo. E não tenho dúvida que vamos fazer um Nação Azul forte, transparente e de sucesso. Sabe por que? Porque não será apenas eu, seremos nós. Todos da diretoria estão motivados para o crescimento. Sou desprovido de vaidade, e nosso objetivo é beneficiar o clube e somente o clube”,disse.

João Mota já trabalhou no Programa Sócio-Torecedor do Remo no ano de 2015, na administração do então presidente Pedro Monowa. A experiência conta bastante e mesmo com pouco tempo no cargo, já que foi nomeado no último dia 14, João Mota já está trabalhando para tentar melhorar o programa azulino. “É tudo muito recente. Já estou assumindo, mas ainda estou coletando os projetos do Glauber e de outros diretores. Temos pouco tempo até a virada do ano, por isso nossa concentração é 2018. Mas 2017 não está perdido. Existem coisas simples, mas eficazes, que comovem e fazem bem ao torcedor. Sorteios, até mesmo bilhetes de final de ano, são demonstração de interesse, por exemplo. Estamos elaborando uma maneira certeira de conquistar o torcedor, que em breve vamos divulgar”, disse Mota.

Hoje o programa Sócio-torcedor do Remo que já contou com mais de 6 a 7 mil adimplentes, está com menos de mil, algo em torno de 900 pagantes assíduos. Nesse período o Remo esteve entre as 15 agremiações com mais destaque no Brasil em sócios-torcedores. A empresa Meu Bilhete que tem todo seu domínio e planejamento em Goiânia (GO) vai continuar no Remo, porém que terá gerência do investimento feito pela torcida será feito pelo Remo e destinado ao futebol do Remo. “A arrecadação será controlada por nós, que é o principal. Sobre o sistema, eles continuarão assumindo, mas nós teremos mais autonomia e participação. Ainda esse ano vamos colocar isso em ordem. Já teve uma reunião sobre isso com os diretores, mas que ainda vão me repassar todas as informações. Mas, certamente, nossa participação será ainda mais essencial”, explicou.

Comentários
%d blogueiros gostam disto: